Equipe Gestora
 
Diretora

Profª Maria Helena de Oliveira

Vice Diretora 

 Profª Fernanda Neves Castelli

 Coordenadora Ens. Fund.II

 Profª Rosana Gavino Assan

 Coordenadora Ensino Médio

Profª Andréa Rinaldo

 

 

 

Horário de Funcionamento

Segunda à Sextas-feiras 

das 09h  as 16h 

Telefone: (11) 2296.4821

 

Compartilhar na mídia social

GRÊMIO ESTUDANTIL ENTREGA DOAÇÕES ARRECADADAS PELOS ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS E ENSINO MÉDIO PARA A CASA DE CARIDADE EURÍPEDES BARSANULFO

A CASA ATENDE A MORADORES DE RUA PARA BANHO, TROCA DE ROUPAS E ALIMENTAÇÃO.

Rua San Gennaro, 102, Cep 03106-020 São Paulo, Brasil

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

     

 

 

         MANEIRAS SIMPLES DE MOTIVAR OS ALUNOS

Alguns incentivos simples que podem motivar os alunos:

 

Independente da área, disciplina ou região em que estuda, qualquer aluno precisa de motivação para que seja bem-sucedido academicamente. Além dos fatores pessoais e profissionais, os estudantes também podem contar com o papel que o educador desempenha nas suas rotinas escolares para encontrar maior determinação e manter a disciplina.

Práticas que farão a diferença na motivação aos alunos ao longo do próximo semestre:

  1. 1.    Ofereça um sentimento de controle

A orientação de um professor é muito importante para que os objetivos de cada aula sejam cumpridos. Mesmo assim, os estudantes devem ter liberdade e algum controle da sua rotina para que não se sintam obrigados ou prisioneiros. Tais restrições apenas afastam os alunos do prazer da aprendizagem e dos seus benefícios.

 

  • 2.    Defina os objetivos

Não saber quais são os objetivos de determinada tarefa ou conteúdo ensinado é uma fonte de frustração para os estudantes. Informá-los sobre a utilidade das teorias e dos trabalhos que realizam irá ajudá-los a entender que as notas não são a única coisa importante nos estudos.

 

  • 3.    Mudar o cenário

sala de aula é um bom ambiente para o ensino e a aprendizagem, mas a educação não deve ficar presa apenas aos muros das instituições. Passeios educativos ou até mesmo a troca de salas podem ajudar os estudantes sentirem-se mais focados.

  

  • 4.    Experiências variadas

Os alunos irão interessar-se por determinado conteúdo na medida em que forem estimulados por ele; portanto é importante oferecer diferentes experiências educacionais.

  1. 5.    Competitividade positiva e equilibrada

A competição equilibrada e positiva em sala de aula não deve ser uma constante, mas o seu emprego casual também é uma alternativa para a motivação dos estudantes.

 

  • 6.    Fazer com que se sintam responsáveis

Muito do desinteresse dos estudantes pode estar relacionado com a falta de responsabilidade que estes sentem em relação aos seus estudos e ao futuro profissional que terão para si de acordo com os esforços acadêmicos.

 7.    Permita que trabalhem junto

trabalho em equipe traz maior movimento, interação e dinâmica entre os estudantes.

 

8.    Encorajar a reflexão

Os estudantes desejam  alcançar objetivos acadêmicos, mas a maioria não sabe como conseguir o melhor de si mesmo para tal. Podemos ajudá-los nesta descoberta ao encorajar a reflexão e a análise pessoal das suas características e estilo de estudo.

 

9.    Ajudar aos alunos a encontra motivação interior

De nada adiantarão os nossos esforços se os alunos não se interessarem internamente por aquilo que é apresentado. É preciso que eles estejam motivados internamente para que possam expressar os seus esforços.

 

  • 10.  Ajuda-os a controlar a ansiedade

Muitos alunos deixam-se controlar pelo medo e pela ansiedade em provas ou outros desafios acadêmicos e acabam por desistir mesmo antes de tentar. Ajudá-los a administrar essas emoções é necessário para que se possam desenvolver.

  

  • 11.  Determinar metas altas, mas alcançáveis

Incentivar os seus alunos a fazer o mínimo é o mesmo que deixá-los desistir. É importante que eles se sintam desafiados, mas ainda assim saibam que o objetivo pode ser alcançado com dedicação.

 12.  Ofereça feedback e oportunidades de evoluir

Devemos analisar e avaliar desempenho dos alunos de maneira construtiva, de maneira a que possam melhorar nas próximas oportunidades.

 13. Torne as tarefas mais divertidas
Há momentos para tudo, inclusive para a diversão e a dinâmica. Distribuir esse tipo de experiência ao longo da semana pode ajudar os seus alunos a ter mais ânimo durante as aulas.

 14. Ofereça oportunidades para o sucesso
Ao perceberem que poderão ser bem-sucedidos, os alunos estarão mais propensos a se dedicarem para obter o que desejam.

 Fonte:  http://noticias.universia.pt/destaque/noticia/2013/02/20/1005955/21-maneiras-simples-motivar-os-alunos.html#